sexta-feira, 18 de julho de 2008

A VIDA

Sentada - Gravura aquarelada sobre papel de algodão. 1998/99


ÁVIDA por saber.
DE sentir, experimentar, tocar.
VIVER
SEM começo, meio, fim.
VIDA
A escada sem fim traça serpenteios mil.
DÁDIVA
noite, moto perpétuo.
MORTE
É magia onisciente.
NASCER
Morrendo sabiamente.
CONSCIENTE.

Um comentário:

alice disse...

"Ávida por saber.
............................
Morrer sabiamente...consciente"

BELO! BELO! BELO!.......

Expressão de beleza contagiante...
Felicidade inefável!!!

Magia que envolve e agasalha almas
que voam soltas, conscientes do seu saber, determinadas de volta ao ponto de Criação!!!

Infinita Fonte de AMOR......
Lança a vida pra aprender,
Que o Bem e o Mal são extremos que se tocam, paradoxos que se reconciliam...

Morrer sábiamente, traz a revelação
destes mistérios sem fim...Dádiva,
que liberta a VIDA, ÁVIDA VIDA.

QUANTA SABEDORIA MEU CARO, EM TÃO POUCAS, MUITAS PALAVRAS...ATÉ ONDE SOU CAPAZ DE ALCANÇAR.

BEIJO NO CORAÇÃO......ALICE